Como implementar uma estratégia de dados na sua empresa

Como implementar uma estratégia de dados na sua empresa

Dados são um ativo estratégico, então por que a maioria das empresas não conta com uma estratégia de dados eficiente para direcionar seus negócios?

A resposta é mais complexa do que se pode pensar. Muitas vezes, as informações estão espalhadas por silos e sistemas que simplesmente não se comunicam, a qualidade desses dados é ruim e os custos para tratá-los pode ser muito alto.

Sim, são problemas que podem ser resolvidos com a adoção de uma estratégia de dados. Entretanto, desafios do dia a dia fazem com que essas empresas não tenham uma visão de longo prazo para seus negócios.

Para que essa visão seja transformada, as lideranças precisam entender que uma estratégia de dados, se implementada corretamente, contribui para apoiar os objetivos dos negócios e para que os desafios da empresa sejam vencidos mais facilmente.

A estratégia de dados é mais que apenas dados

A estratégia de dados precisa abordar, além dos dados, processos, tecnologias e pessoas. Ou seja entender o que os funcionários precisam para usar as informações de forma autônoma, se os processos garantem o acesso fácil e com segurança aos dados e se a tecnologia disponível permite o armazenamento, análise e compartilhamento de informações.

Se definir uma estratégia de dados parece algo complexo, implementá-la pode ser ainda mais desafiador. De acordo com Harvard Business Review, apenas 35% das empresas afirmam que seus recursos de análise e gestão de dados estão alinhados aos objetivos da empresa.

Então, o que torna uma estratégia bem sucedida?

  • Ela deve agregar valor
  • Deve ser criada para atender às necessidades da empresa
  • E seu uso deve ser amplamente difundido na empresa por meio de projetos e gestão de mudanças

Implementando uma estratégia de dados

Não existe uma receita  pronta que possa ser utilizada por todas as empresas. Isso é simplesmente impossível devido às características únicas de casa uma delas e também devido ao estágio de maturidade digital que se encontram.

Apesar disso, alguns elementos podem ser aplicados por todas as empresas que pretendam basear seus negócios em dados.

Atender aos requisitos de negócios

Os dados devem atender a um propósito: ajudar a empresa a alcançar seus objetivos de negócios. Claro, cada setor tem metas diferentes, mas todas essas metas precisam estar alinhadas ao objetivo maior.

Coleta de dados

Ao entender as metas de cada departamento e como elas se alinham aos negócios, é possível analisar as fontes de dados utilizadas pela empresa, como essas informações são coletadas e onde estão armazenadas – internamente e externamente – e sua disponibilidade.

Também é necessário determinar se as informações coletadas são suficientes para a estratégia de negócios e se são informações atualizadas – e com que frequência são atualizadas. Além disso, é preciso analisar se o tratamento a esses dados atende às normas da LGPD.

Requisitos necessários

Aqui é preciso avaliar se a infraestrutura tecnológica e de pessoal da empresa atende às necessidades de uma boa estratégia de dados.

Questões sobre onde os dados estão localizados, se a empresa usará uma solução na nuvem ou local para a gestão da informação, como será oferecido o acesso aos dados, entre outros requisitos  precisam ser respondidas. Quanto mais requisitos e necessidades forem analisados, melhor a estratégia de dados implementada.

Dados devem gerar insights

Uma estratégia de dados eficiente deve gerar insights úteis para os negócios, mas a forma com que essas informações são visualizadas faz a diferença.

Ferramentas de visualização de dados devem tornar o processo de interpretação e entendimento das informações mais fácil e simples e precisam detectar tendências, apresentar o contexto das métricas, incentivar o compartilhamento de informações e trazer um nível de detalhes que permita sua análise por pessoas leigas e especialistas.

Integrar pessoas e processos

Uma estratégia de dados deve aumentar o fluxo de informações, as análises e, até, o uso de novas ferramentas digitais. Assim, é fundamental conhecer as habilidades dos usuários para entender qual o nível de suporte que deve ser oferecido e até se será necessário contratar novos funcionários.

Se os usuários simplesmente não souberem o que fazer com os insights gerados, dificilmente uma estratégia de dados será bem sucedida, então um plano de treinamentos voltado para análise de dados deve ser implementado de forma a atender usuários com níveis de conhecimento diferenciados.

Governança de dados

A governança de dados trata do processo de gestão da disponibilidade, usabilidade, integridade e segurança de dados e se baseia em padrões e políticas de dados que controlam o uso das informações da empresa.

Se implementado corretamente, impede que os dados sejam usados indevidamente e garante a qualidade das informações, além de ajudar a empresa a atender normas de privacidade e conformidade.

A integração de cada uma dessas práticas contribui para a criação de uma estratégia de dados eficiente.

Claro, é possível realizar todo esse processo internamente, mas contar com especialistas em dados ajuda a reduzir riscos e tornar os desafios de implementação mais fáceis de serem vencidos. Fale com um dos especialistas da COSTDRIVERS e entenda como podemos ajudar sua empresa a criar uma estratégia de dados.

 

Contato

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 1993, São Paulo, Brasil

Telefone: +55 011 2162-1790

Email: info@costdrivers.com

Copyright 2019 – COSTDRIVERS – Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Intelligenzia​