Cadeia de suprimentos Big Data

O ROI do Big Data na gestão da cadeia de suprimentos

Os últimos anos foram desafiadores para a cadeia de suprimentos, pois todas suas estratégicas e funções foram desafiadas por diversas interrupções no fornecimento. E isso deixou claro que o setor tem um sério problema na captura e análise de dados des fornecedores, com impacto direto nos negócios.

Pesquisa da Deloitte mostra que apenas 26% das empresas conseguem prever os riscos em sua cadeia de suprimentos e 11% tiveram danos decorrentes de problemas enfrentados por seus fornecedores.

Então, o que as empresas podem fazer para enfrentarem esse desafio? Investir tempo e dinheiro no uso de dados para capacitar equipes de Compra para lidarem com uma cadeia de suprimentos cada vez mais complexa.

O Big Data na gestão da cadeia de suprimentos

A gestão da cadeia de suprimentos depende diretamente de uma boa estratégia de dados, pois é preciso capturar informações, limpar esses dados e mantê-los atualizados para que a análise seja bem-sucedida e gere os insights e previsões necessários para reduzir riscos e buscar os melhores fornecedores.

E o Big Data vincula essas informações relevantes de forma a tornar a análise desses dados mais fácil e contribuir para que o setor de Compras tome as melhores decisões e aprimore o relacionamento com fornecedores.

Apesar da importância do setor de Compras em investir em uma estratégia de dados e no Big Data, muitas empresas ainda patinam na hora de identificar os benefícios que novas tecnologias podem trazer e são mais lentas na adoção da análise de dados em Compras, quando comparado a outros setores, como o marketing.

Mas isso tem duas explicações. De acordo com a McKinsey, a adoção do Big Data na gestão da cadeia de suprimentos enfrenta a escassez de líderes com habilidades de análise de dados e, consequentemente, sem a visão necessária para entender seus benefícios; e a falta de uma estratégia de dados realmente eficiente e que seja capaz de capturar informações por toda a cadeia.

Impactos do Big Data

Por outro lado, está clara a importância do Big Data na gestão da cadeia de suprimentos. A tecnologia contribui desde a identificação de problemas na comunicação entre a empresa e seus fornecedores, nas negociações e até na redução do prazo de entregas por parte do fornecedor.

Melhoria na tomada de decisões

Com o Big Data, a tomada de decisões passa a ser baseada em fatos devido à coleta e análise mais consistente de informações estruturadas e não estruturadas.

Gestão do fornecedor

A coleta de informações sobre cada fornecedor pode ser realizada em tempo real e de diversas fontes internas e externas automaticamente.

Desempenho do fornecedor

Da mesma forma, o Big Data permite analisar diversas informações que vão além dos custos, prazos de entrega e qualidade dos insumos. Dados relacionados ao desempenho operacional do fornecedor, sua saúde financeira e conformidade também são utilizados para determinar o desempenho de cada fornecedor e se chegou o momento de procurar por outras opções.

Análise preditiva

O Big Data permite que a empresa tenha uma capacidade de ação preditiva, no lugar de reativa, para lidar com os desafios da cadeia de suprimentos, como lidar com riscos na cadeia de fornecedores e criar estratégias de fornecimento mais eficientes.

Pesquisa do Gartner mostrou que 29% das empresas relataram níveis mais altos de ROI após a implementação da análise de dados em suas operações. Isso indica que a integração do Big Data em todas as etapas da gestão da cadeia de suprimentos traz benefícios robustos para os negócios.

Ganhe produtividade, acompanhe a evolução de custos e contratos, obtenha dados globais. A COSTDRIVERS te ajuda a otimizar o tempo das suas negociações e melhorar o desempenho do setor de Compras. Entre em contato e saiba mais.

Contato

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 1993, São Paulo, Brasil

Telefone: +55 011 2162-1790

Email: info@costdrivers.com

Copyright 2019 – COSTDRIVERS – Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Intelligenzia​