Cadeias de suprimentos digitais: qual o futuro do setor de Compras?

Cadeia de suprimentos digital

A digitalização da cadeia de suprimentos é essencial para o futuro do setor de Compras. Levantamento feito pelo Gartner mostrou que a transformação digital é foco para o setor que vê no uso de novas tecnologias uma forma de se manter a frente da concorrência.

Dessa forma, o rápido avanço de novas tecnologias voltadas para o Compras estão transformando a cadeia de suprimentos tradicional e agregando mais valor aos negócios. De acordo com a Delloite, o sourcing estratégico, por exemplo, está se tornando mais preditivo e tornando os processos tradicionais de compras automatizados e a gestão de fornecedores, proativa.

Essa transformação só é possível pela integração de processos mais inteligentes, que têm acesso a informações capturadas por toda a cadeia de suprimentos e permitem análises mais complexas, e que entregam mais inteligência e eficiência para o setor de Compras.

Um olhar para o passado

Basicamente, a cadeia de suprimentos analógica tem seus processos realizados manualmente. Os pedidos eram/são realizados pelo telefone, fax ou por meio de cartas ou e-mails e todos os requisitos eram inseridos manualmente em planilhas ou sistemas.

Pedido feito, os vendedores repassavam a requisição para o estoque por telefone, e-mail ou até pessoalmente, e entravam em contato com as transportadoras para que os produtos fossem recolhidos e enviados ao comprador.

Faturas eram enviadas pelo Correio e o pagamento, normalmente, feito por meio de cheques ou transferências que deveriam ser feitas diretamente na boca do caixa (ou pelo internet banking).

Todo o monitoramento logístico era feito por base de registros manuais, desde a saída do produto do estoque até sua entrega.  Erros eram comuns, assim como atrasos ou problemas com a falta de produtos.

A cadeia de suprimentos digital

Por mais incrível que possa soar muitos desses processos ainda existem, mas estão, mesmo que lentamente, sendo substituídos pela cadeia de suprimentos digital.

A transformação é resultado do uso de novas tecnologias por toda a cadeia de suprimentos, possibilitando maior conectividade, análise, automação e inteligência aos processos, reduzindo o uso de papel e entradas manuais de dados.

Para o Gartner, os próximos três a cinco anos devem marcar a adoção maciça de novas tecnologias no setor, com a adoção de sistemas que permitam maior visibilidade sobre todos os processos e integração entre as empresas e fornecedores.

Dessa forma, é possível definir a cadeia de suprimentos digital como a adoção de novas tecnologias baseadas em dados para fortalecer e integrar a cadeia de suprimentos, tornando-a mais ágil e resiliente.

Desafios para tornar a cadeia de suprimentos digital

A transformação digital é um termo que está na moda e é difícil encontrar uma empresa que não esteja pensando no assunto, entretanto, sua implementação pode ser um grande desafio se não houver planejamento.

De nada adianta investir em uma estratégia de transformação digital se não houver uma real vontade de mudanças dentro da empresa, e isso também envolve integrar os fornecedores na discussão, já que eles também serão impactados, pois processos serão revistos.

Isso significa analisar as necessidades da empresa, quais são os recursos necessários para atender a essas necessidades, buscar a tecnologia mais adequada e encontrar o melhor fornecedor. Ou seja, compreender o que se deseja com a transformação digital e quais as formas de alcança-la.

O próximo passo é entender como mensurar o sucesso da estratégia.  E, a melhor métrica é a que analisa o nível de adoção das tecnologias, como uso de usuários ativos. Uma baixa adoção pode indicar que as ferramentas são difíceis ou simplesmente ineficientes.

Outra métrica é a que monitora a produtividade da força de trabalho. É importante calcular o tempo que um processo levava para ser feito antes e depois da digitalização, por exemplo, o tempo médio para atender a uma requisição de compras, e se a automação de processos permite que os profissionais possam trabalhar de maneira estratégica.

Afinal, a digitalização da cadeia de suprimentos visa fornecer a melhor visibilidade em relação aos processos de compras, estoques e que envolvam a cadeia de suprimentos.

Além disso, deve criar um maior controle em relação a todo o ciclo de compras, tornando a gestão de riscos mais eficiente e garantindo maior integração entre a operação, seus processos e tecnologias aos objetivos da empresa.

Para garantir o sucesso da cadeia de suprimentos digital sua empresa precisa contar com dados confiáveis, e a COSTDRIVERS é especialista em dados. Fale com um dos nossos representantes e saiba mais.

Contato

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 1993, São Paulo, Brasil

Telefone: +55 011 2162-1790

Email: info@costdrivers.com

Copyright 2019 – COSTDRIVERS – Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Intelligenzia​